Menu
Busca sexta, 17 de agosto de 2018
Prefeitura Festa do Folclore- 13 de agosto a 19 de setembro
Cultura

Diretoria de Cultura recebe equipe da IFMS para discutir realização da Primeira Feira Nacional do Livro

Feira é uma extensão do projeto “Chá com letras e Filosofia” com o objetivo de disseminar o conhecimento com toda a população três-lagoense

11 agosto 2018 - 12h51Por Rayani Santa Cruz

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) de Três Lagoas, por meio da Diretoria de Cultura, recebeu na manhã de sexta-feira (10), a equipe do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) para estudarem a possibilidade da Prefeitura apoiar a extensão do projeto “Chá com letras e Filosofia” para a Primeira Feira Nacional do Livro a ser realizada em 31 outubro na Biblioteca Municipal “Rosário Congro”.

Segundo a coordenadora de extensão e relações institucionais do IFMS/TL, Daniella Fernandes, “é de suma importância parcerias como a da Prefeitura de Três Lagoas para somarmos forças e não deixarmos o conhecimento trancado dentro das escolas. Unir essas forças faz com que este conhecimento venha ao encontro com a população. Queremos produzir o conhecimento e divulgar para o maior número de pessoas possível”, disse.

Para o Diretor de Cultura, Rodrigo Fernandes, “estamos aqui com as professoras do IFMS para pensar em como podemos ampliar as atividades literárias da nossa Cidade com o apoio da Diretoria de Cultura”, disse. “Este é o primeiro processo após outras reuniões com o IFMS para que possamos ter um projeto consistente que traga impacto sócio cultural e intelectual para a nossa Cidade”, comentou.

Ainda segundo Rodrigo, “este é um momento muito importante para Três Lagoas, para que por meio de grandes parcerias desenvolvermos a formação de leitores nos preocupando com a nossa juventude e infância em sua intelectualização e leitura, primando principalmente pelo desenvolvimento e enriquecimento da leitura regional e estadual”, pontuou o diretor.

Esteve presente na reunião a convite da Diretoria de Cultura a Embaxadora Universal da Paz e presidente da Associação Internacional de Poetas, Delasnieve Daspet, que parabenizou a iniciativa dos gestores do Município em apoiar causas como estas.

“A partir do momento que a Diretoria de Cultura está interessada em promover uma Feira Literária que envolva escritores regionais, do estado e até internacionais, quem ganha com isso é a população e os estudantes, porque em resumo estamos trabalhando para que essas crianças sejam formadoras de opinião e leitoras”, disse.

Para a embaxadora, “o gestor de Três Lagoas está de parabéns por pensar desta forma, porque ele não está aqui de passagem. Ele está deixando uma semente de cultura e conhecimento. É difícil vermos isso, mas quando vemos aplaudimos e nos sentimos orgulhosos de fazer parte deste momento e desta história”, pontuou Delasnieve.

HISTÓRIA

Segundo a professora de Língua Portuguesa do IFMS, Maria Celinei de Sousa Hernandes, a Feira Nacional do Livro nasceu da necessidade de ampliar o projeto do IFMS chamado “Chá com Letras e Filosofia”.

“O chá começou a crescer e percebemos que a comunidade local de pais e amigos de estudantes e professores estavam interessados em ler e disseminar arte e a partir disso vimos a oportunidade de fazer uma Feira em Três Lagoas”, explicou.

PROGRAMAÇÃO

Está programado para a feira abrir no dia 31 de outubro com uma mesa redonda para professores do Munícipio e Estado com a presença do poeta Emanuel Marinho e do professor do IFMS, Leandro Passos.

No dia primeiro de novembro a feira seguirá com atividades tanto no interior da Biblioteca Municipal “Rosário Congro” quanto no exterior, com tendas de contação de histórias, brincadeiras, criação com crianças, árvore de poesias e troca de livros.

Oficinas de grafitagem com a equipe da Batalha do Cinza, Lang-Lang, Quiz literário para estudantes do Ensino Médio e debates sobre o Plano Municipal de Leitura também estão inseridos na grade de programação, além de salas temáticas com poetas do MS, sala de cinema com produções sul-mato-grossenses, varal cultura, exposição fotográficas e de esculturas de artistas plásticos e a presença de escritores locais.

FEIRA INTERNACIONAL

Um estande da Associação Internacional de Poetas estará presente na Feira, com possibilidades de no próximo ano trazer para a Cidade uma Feira Internacional de Leitura.

“Estamos trabalhando para que Três Lagoas, além de ser uma Cidade capital da Celulose e do Papel seja também a capital estadual da leitura e literatura, pois temos condições e identidade para isso”, argumentou o diretor de Cultura.

 

Fonte: Diretoria de Comunicação

Leia Também

Meu bairro Limpo
“Meu Bairro Limpo” chega a mais cinco bairros de Três Lagoas e acontece apenas na sexta-feira
Cultura
População elogia primeiro dia da 30ª Festa do Folclore de Três Lagoas
Atenção!
Prefeitura de Três Lagoas convoca candidatos aprovados no Concurso Público/2014
Na 1° DP
Suspeito de matar amigo a pedradas se entrega á Polícia em Três Lagoas